Reabertura: abrir ou não abrir?...Eis a questão!


Após pouco mais de 4 meses de agonia e sofrimento, o dia mais esperado pelo setor de bares e restaurantes chegou, e a pergunta que não quer calar: reabrir ou não?

Como parte deste setor estou presenciando o sofrimento de vários empresários devido a pandemia, todos, sem exceção, foram pegos de surpresa, uns preparados para eventuais crises e outros nem tanto, alguns quebraram e infelizmente não voltam mais para o mercado.


O fato é que teremos um setor um pouco menos competitivo, entretanto, algumas concentrações com grandes grupos continuarão, grandes redes por terem uma estrutura sólida, pouco se abalam em um movimento como esse, claro que causam um desconforto pois o faturamento está prejudicado, porém possuem linha de crédito e credibilidade no mercado, esses por sua vez podem se dar ao luxo de reabrirem a qualquer momento, afinal capital não é problema.


Mas tenho ouvido muitos outros estabelecimentos de pequeno e médio porte apostando na reabertura imediata, querem o quanto antes recuperar o tempo perdido, nem se quer fizeram uma breve análise sobre o que pode ter de positivo ou negativo para essa atitude e nem se fizeram a pergunta, é hora mesmo de reabrir?


Se você acompanha nossos artigos, tem notado que não declinamos em um sentido único, dando horizontes certeiros que direcionam para o caminho correto, se soubéssemos de tudo daríamos aqui o tão sonhado seis dígitos da Mega Sena (rsrs). Voltando, queremos aqui incentivá-los a pensar e se fazerem a melhor pergunta, acreditamos que a melhor pergunta fará com que tomem a melhor decisão.


Por isso se questionem, debatam entre seus próximos, preste atenção nos apontamentos dos seus, lembrem que seu ponto de venda, estabelecimento, foi montado com algum propósito, um estabelecimento próximo a condomínios empresariais, escritórios corporativos, na saída das estações, entre outros aspectos, como está hoje esse trânsito de pessoas? Esse movimento será capaz de gerar trafego no seu comércio? Reabrir agora atesta que você terá condições de pagar vários fornecedores que talvez se sensibilize com os seus resultados dos últimos 4 meses, mas como estar reabrindo é sinal de que seu “faturamento” será maior que o Delivery, caso você já possua.


Se permita não entrar na dança junto com outros concorrentes que estão desesperados para fazer dinheiro, não precisa ser mais um, se for tomar a decisão de abrir por esses dias, sem problemas, mas analise, estude e siga em frente, se estiver inseguro, não abra. Deixo aqui uma ressalva para refletirmos, outros estados que abriram depois de 15 dias voltaram a fechar devido ao aumento do contágio do Covid-19, a chamada segunda onda, para alguns era o último fôlego, que por imediatismo morreu e, para outros que esperaram, continuam a esperar, com prejuízo sim, porém com possibilidades de reabrir quando possível.


Sejamos nesse momento estratégicos e não parte da estatística dos que fecharam as portas!


Autor: Roberto Alves



9 visualizações0 comentário

©2020 por ReInova Consultoria.