O QUE OLHAR EM UM SISTEMA PDV (PONTO DE VENDA)

São centenas de softwares que entregam uma solução para o ponto de venda do seu negócio. Várias são as soluções e ferramentas que cada um oferece. Mas você sabe o que exatamente é importante olhar em um sistema quando decide implantar um em seu negócio?



Cada sistema do mercado lhe vende uma funcionalidade ou alguma característica para tentar lhe incentivar na contratação dele. Entretanto, nem sempre as características e as funções que são lhe apresentadas, são as que você realmente procura ou o que realmente você deveria enxergar na aquisição de um software.


Antes de iniciarmos a nossa análise, é importante todos saberem que existem 2 tipos principais de sistema no mundo do food service: PDV (Ponto de Venda) e Retaguarda (ou ERP). O sistema PDV é aquele que você utiliza para realizar suas vendas. Nele é onde você realiza o cadastro de seus produtos de cardápio, insere os preços, cria a tela para seus garçons ou atendentes comandarem os produtos e receberem os pagamentos e após do movimento completo consegue levantar relatórios e consultar o que foi vendido. Já o sistema ERP, ou retaguarda, é o sistema que faz toda a parte da gestão de seu negócio, ele é onde você controla seu estoque, suas compras, entrada e saída de mercadorias, lançamento de notas fiscais e enxerga o famoso DRE.


Agora que vocês conhecem a principal diferença entre os dois tipos de sistemas mais importantes para seu restaurante, então agora vamos listar 3 pontos que você deveria se preocupar ao contratar um software de PDV.



- INTEGRAÇÃO X ESTABILIDADE


A famosa e mais temida INTEGRAÇÃO. Sem dúvidas essa é a maior preocupação que você deveria ter ao contratar um software. É importante que o software que você está contratando obtenha uma integração ABERTA e ESTÁVEL. O que significa isso?


Uma integração aberta permite que você consiga facilmente se plugar em qualquer outro software de mercado, sem grandes dificuldades. Normalmente, você vai ouvir bastante a palavra API. Quando um software já obtém uma API pronto e bem definida, significa que ele já está um grande passo adiantado para realizar integrações. Entretanto, é importante você saber que, de nada adianta obter integrações, porém elas não serem ESTÁVEIS. Isso porque se elas não obtém uma estabilidade e desempenhos bons, você terá problemas que podem prejudicar diretamente sua operação e seu negócio. Vamos ao exemplo mais conhecido.


Geralmente, a integração que vocês mais conhecem é com os Marketplaces. Neles vocês geralmente precisam cadastrar o cardápio de sua loja no aplicativo que escolheu e colocar os preços e códigos do seu sistema pdv para que, após o cliente finalizar o pedido, este seja integrado e enviado para o seu sistema PDV. Isso é um exemplo clássico de integração, pois o pedido feito na plataforma de marketplace, automaticamente se integra com seu sistema PDV, facilitando a emissão de cupom, gestão e operação do seu negócio. Esse é um exemplo de integração e o mais conhecido.


Vejam que existe um passo que é criar o cardápio nos dois sistemas e realizar um DE PARA colocando os códigos respectivos em cada um deles para no momento da integração, o sistema PDV saber para qual produto ele precisa emitir os pedidos e cupom. Esse DEPARA é como se fosse uma TRADUÇÃO entre as línguas dos dois sistemas que estão sendo integrados PDV e MARKETPLACE. É aí que o problema começa, pois muitas vezes os erros no cadastro ou o não entendimento da estrutura de cada sistema, leva aos erros e falhas que impossibilitam os pedidos e impactam diretamente o cliente final. Por isso é muito importante entender como anda a estabilidade das integrações.



- CAPTAÇÃO DE DADOS


Esse sem dúvidas será um dos pontos mais importantes em qualquer sistema ou negócio daqui pra frente. Cada dia mais os dados de seu consumidor são mais valiosos. Então, com toda a certeza, você precisa olhar para isso quando for adquirir o software.


Para avaliar isso, você precisa entender 3 coisas no PDV: Quais dados ele armazena?, Onde e Como você pode usar esses dados? e O que ele já faz com os dados?.


Com essas 3 perguntas você já descobrirá se o sistema que você está analisando é bom o suficiente e te ajudará na análise de clientes do seu negócio. Isso porquê de nada adianta você querer analisar as vendas e as características de seus clientes se os dados não são armazenados ou, se os dados não estão disponíveis para manipular e enxergar ou até, se não sabem usar todos os dados que tem disponível. Uma coisa encadeia a outra, portanto é importante que entenda isso.



- USABILIDADE


A importância da usabilidade de um software também tem crescido nos últimos tempos, isso porque os usuários e pessoas não tem mais paciência para processos lentos ou burocráticos que só atrasam ou prejudicam a agilidade dele. Um sistema USUAL é aquele que é simples de utilizar, sem muitos passos ou tarefas a serem feitas, entregando o objetivo final da maneira mais fluida e rápida possível.


Você encontrará muitos softwares no mercado que entregam dezenas de funcionalidades diferentes e legais. Entretanto, quando você vai analisar como se usam essas funcionalidades, perceberá que é um grande processo de CLIQUES E MAIS CLIQUES que, na operação de um almoço de sexta ou janta de sábado, isso vai prejudicar na operação e no atendimento. Seu desafio a partir de agora é procurar por sistemas mais fáceis e que com apenas 1 CLIQUE resolva uma funcionalidade desejada. Não que isso já exista facilmente no mercado, mas quanto menor for o número de cliques e processos para se realizar uma operação no sistema, melhor é a mentalidade e o direcionamento dessa software house. Pode ter certeza que esse software está bem mais preparado para as inovações e tendências futuras do que os burocráticos cheios de cliques que vemos por aí!



Portanto, é bem importante vocês conhecerem bem esses 3 pontos para escolher o melhor software para seu negócio. Esses não são os únicos, entretanto são os principais para uma boa escolha de longo prazo. Se você não conhece o suficiente tudo isso, procure por especialistas para lhe ajudar nisso. Não esqueçam de nós da ReInova. Estaremos sempre disponíveis e temos os profissionais mais capacitados e com vivencia no mercado para poder lhes ajudar com isso.


14 visualizações0 comentário

©2020 por ReInova Consultoria.