Centralização ou descentralização - Qual melhor caminho a ser seguido?

Muitas consultorias abordam esse tema junto ao setor de supply, umas com viés de centralização, outras com descentralização, afinal, qual caminho seguir?



A melhor resposta para alguns profissionais da área seria centralização, para outros, com certeza descentralização. É isso que todos esperam, uma resposta concreta ou receita de bolo, mas temos uma visão um pouco diferente, é por isso que somos Reinova. Acreditamos que um modelo híbrido, com processos bem ajustados, podemos dizer que depende do momento da organização, faz sentido ter uma centralização, mas que também pode posteriormente fazer sentido ter descentralizações.

O assunto é bem interessante e volumoso, precisaríamos aprofundar com cálculos e analises para uma definição, mas a intenção aqui é apresentar de forma sucinta e clara como podemos chegar em um modelo que melhor se adapte a sua realidade.

Centralização

Conceito que sempre remete à barganha, acreditamos que muitos pensam ser a melhor forma para se ter boas negociações, afinal estamos falando de um único ponto de entrega, uma única remessa muitas vezes, e um volume maior. Fato é que sendo um modelo de centralização, as coisas tendem a ser mais fáceis e cômodas, porém precisamos lembrar dos custos ocultos por de trás deste modelo. Elevação de custos de estoque, manipulação excessiva de mercadorias, alto índice de desperdício, se processos como PVPS, PEPSI falharem, custo de armazenagem, entre outros.

Descentralização

Modelo um pouco mais complexo, precisa dos processos muito bem escritos e amarrados, facilidade no controle de estoque uma vez que requer mais dinamismo nos processos de entradas e saídas de mercadoria, aumento do fluxo de compras semanais, risco maior de ruptura e preços mais elevados do que no modelo centralizado, mas não é regra, uma negociação bem elaborada para ambos os modelos pode ter ótimas alternativas.

Maior fluxo de lançamento de notas fiscais e risco de não lançamentos das mesmas pelo alto volume de mercadoria chegando.


Diríamos que não existe um modelo melhor do que o outro, mas é preciso analisar profundamente qual modelo se encaixa no perfil do seu estabelecimento, então quando vierem os magos das centralizações ou descentralizações, reflita e questione o porquê disso, não simplesmente ache que é o melhor caminho.

Autor: Roberto Alves

4 visualizações0 comentário

©2020 por ReInova Consultoria.